3 Etapas para Ter um Treinamento Impactante

Sempre acreditei que a forma de gerar mudanças significativas dentro de uma companhia depende de como a empresa se relaciona com seu capital humano. E isto acontece de diversas formas, mas a que ultimamente tenho visto ficar mais reprimida (impactada diretamente pela situação econômica do país) é por meio dos treinamentos.

E inspirado por um artigo de Michael Beer, Professor Emérito da Harvard Business School, que li recentemente (que você pode ler na íntegra aqui), elaborei este post, pois é muito empolgante ver algo em que você acredita ser explorado em esferas de tamanho respeito.

Vejamos, todo e qualquer treinamento organizacional depende de uma estrutura bem elaborada para que ele faça jus aos preciosos recursos investidos da companhia. Então, a eficácia desse treinamento depende de três etapas imprescindíveis:

1. Clareza na elaboração do projeto!

Sim, o maior erro apontado em pesquisas realizadas em grandes organizações foi a falta de clareza ao elaborar projetos. Os gestores têm a facilidade de encontrar a falha do processo e indicar um treinamento adequado para satisfazer essa deficiência, por outro lado, têm extremas dificuldades para expor essas ideias, o que faz com que grandes esforços sejam desperdiçados.

2. Identificar as reais necessidades da empresa.

Avaliar em qual nível as ociosidades organizacionais estão para elimina-las, se voltando para causas e não consequências. Um projeto de melhoria quando não transmitido com clareza pode acabar por tratar as consequências e não as causas e não vai agir no real problema da empresa, inclusive, o feedback, uma ferramenta muito útil para mensurar e descobrir qual foi a percepção dos funcionários sobre a proposta, será distorcido, essas informações comprometidas, e não refletirá as reais dificuldades dos funcionários e menos ainda as da empresa.

3. Mudar sua postura organizacional.

O aprendizado de treinamento só será eficaz se aplicado no cotidiano da empresa e a longo prazo. Uma semana ou duas não fará com que mudanças significativas no desempenho de um setor ou de uma equipe aconteçam. Pratice makes perfect!

E é simples, seguindo essa receita, o tempo vai se encarregar de lhe prover respeito e admiração de seus pares e colaboradores.

Portanto, é evidente a necessidade de aperfeiçoar a capacidade dos gestores se comunicarem, pois só apresentar um novo projeto de treinamento não é suficiente. É preciso que haja impacto para se ter um engajamento efetivo.

Deixe seu comentário